quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Sobre o Chá de Bebê...

Quem deve organizar o chá de bebê?


O chá de bebê deve ser organizado, de preferência, por qualquer outra pessoa que não sejam os próprios pais. O mais comum é que um parente, uma amiga ou uma colega de trabalho bem próxima se mobilizem para organizar o evento pelos pais e para os pais.          Isso não é uma regra, é claro que a futura mamãe também pode ajudar, pode escolher a decoração, ou pode, ela mesma organizar o evento, mas por ser muito cansativo, o ideal é que ela possa contar com a ajuda outras pessoas. Então se quer um chá de bebê, converse com suas amigas, acredito que elas não vão se opor em ajudar.


Quando fazer o chá de bebê?


Com 16 semanas já é possível saber o sexo do bebê e é o melhor momento para você decidir como será o convite e que cores ou tema vai usar para decorar o Chá de Bebê ou de Fraldas, lembrando que se você optar pelo Chá de bebê, é melhor deixar para fazer as suas compras de enxoval depois da festa, pois assim você só vai comprar o que não ganhou.

Procure marcar a data antes das 35 semanas de gravidez para não correr o risco de o bebê chegar antes da festa.       

Ao escolher uma data, converse com as avós e as pessoas mais íntimas para ter certeza de que elas não têm compromissos no mesmo dia. Nada mais chato do que planejar uma comemoração e metade dos convidados não aparecer por algum motivo.       
           

Quem convidar para o chá de bebê?


Tudo depende do formato do chá de bebê. Hoje em dia, as opções incluem chá só de mulheres, chá incluindo os maridos e outras crianças, festa separada para amigos e outra só de família, festa somente na empresa.  Essa é uma decisão pessoal da gestante, mas eu sugiro uma festa mista, uma reunião de todos amigos do casal para comemorar a chegada de mais um membro à família. A vantagem deste formato de festa é que o papai não se sentirá excluído, você poderá contar com a presença de todas as suas amigas (principalmente daquelas que dependem da carona dos maridos) e, consequentemente, sua festa será muito mais animada.      

Se as pessoas próximas a você querem fazer mais de um chá de bebê, não há problema algum, contanto que os convidados sejam mesmo diferentes, para evitar aquela sensação de que seu intuito é acumular muitos presentes.        

Avós, irmãs e melhores amigas podem, sem dúvida, participar de todos, mas não deixe de ressaltar que o que vale é a presença e não o presente.      


Como deve ser o convite?


Pode ser convitinho tradicional, de papel, convite por e-mail ou até por telefone. Além das informações básicas de data e endereço do local do chá, algumas pessoas gostam de incluir um telefone de contato para confirmar presença (é sempre mais fácil organizar uma festa sabendo quantas pessoas participarão) e também o tema do chá (só fraldas, por exemplo).    

Há quem indique um presente para cada pessoa já no convite e, neste caso, é preciso tomar o cuidado de incluir presentes simples, baratinhos e fáceis de serem encontrados. A vantagem é evitar presentes repetidos.     

Tem quem coloque junto também nome de lojas onde há uma lista de presentes disponível, mas dá para dar essa informação só para quem perguntar depois, assim ninguém fica na obrigação de presentear com itens daquele determinado lugar.  

Não deixe de comunicar o evento com antecedência de pelo menos duas semanas, assim as pessoas terão tempo de se programar para ir e de comprar um presente ou lembrancinha para o bebê.         


Nenhum comentário:

Postar um comentário