sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Buquê de Pimentas

A nova onda nos casamentos, depois do buquê de Santo Antônio (que promete ajudar as amigas a encontrarem um marido), depois do buquê de sapinhos (para ajudar a encontrar o príncipe encantado), temos, enfim, o buquê de pimentas!!!

O buquê de pimentas é para as casadas!!! Promete apimentar o relacionamento e acabar com a "inveja e o mal olhado" no casamento das amigas!!!

(Se é verdade? Não sei... mas que a ideia é muito legal, ah é!)





Este modelo foi confeccionado em feltro e recheado com lã acrílica. O cabinho foi feito com arame.


Pode ser jogado assim em forma de buquê, onde apenas uma amiga pega o buquê completo, ou pode-se retirar a fita que une as pimentas e, assim, quando forem arremessadas, cada pimenta poderá ficar com uma amiga diferente (resultado: mais amigas felizes)




Também é uma ideia muito boa colocar argolinhas de chaveiro nas pimentas, pois assim suas amigas poderão usá-las como chaveiro para dar sorte.

Imagem do blog E Viva os Noivos



Imagem do blog Lembrancinhas e Festas



Abaixo o molde que usei para fazer o buquê das duas primeiras imagens. 
Basta unir duas partes do tecido que preferir (eu usei o feltro), riscar o desenho sobre essa duas partes de tecido, deixando uns 5mm de sobra ao redor do desenho, costurar na máquina ou à mão ao sobre o desenho deixando uma abertura para inserir o enchimento, desvirar o trabalho para que a costura fique para o lado de dentro e colocar o enchimento (lã ou manta acrílica) e fechar a abertura com alguns pontinhos.
A parte verde eu colei com cola quente.

Imagem do blog Lembrancinhas e Festas


Espero que tenham gostado!!!
Abraços e até o próximo post.

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Festa do Sonic

Super festa para comemorar o aniversário de 5 anos do Paulo André com muita energia!!!

É isso mesmo! 
Aquele jogo da década de 90 que fez muito sucesso e acabou virando desenho animado está de volta e está conquistando os pequenos desta nova geração!!!





Usamos bonecos de pelúcia do personagem Sonic para compor a decoração!!!






A Fabiana, mãe do Paulinho, comprou esses lindos cofrinhos personalizados para oferecer como lembrancinhas aos convidados!!!








Tubetes recheados com deliciosas jujubas para fazer a alegria da criançada!!!






O bolo fake, confeccionado em EVA e isopor ficou uma fofura!!! (ops! "fofura não, ficou muito irado" rsrs...)



 Pois é, a festa ficou mesmo 
"muito irada"!!!
O Paulo André adorou e se divertiu muito com seu amigos.


E se você também gostou, comenta aí!!
Um super abraço e até o próximo post!


quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Organizando seu casamento

Organizar um casamento não é uma tarefa fácil: é preciso se organizar psicologicamente e financeiramente, mas acima de tudo, essa tarefa deve ser prazerosa e unir o casal. É  um momento único e merece atenção a cada detalhe, mas não precisa, de forma alguma, tornar-se estressante para os noivos.

Portanto, para que você consiga organizar seu casamento sem estresse, seguem algumas dicas muito importantes:



Defina o seu orçamento


Em primeiro lugar, é imprescindível definir o quanto você poderá investir na festa e cerimônia de casamento!
A partir deste valor, você poderá determinar a quantidade de convidados, o tipo de festa e os serviços que poderão ser contratados. Procure respeitar seu orçamento para não prejudicar a vida financeira do casal.




Monte uma Checklist  


Utilizando um caderno, uma planilha de Excel ou um documento online, monte uma lista com tudo o que você gostaria de ter em sua festa, tudo o que precisa ser definido, os serviços que precisam ser contratados, etc. Desta forma, você conseguirá se organizar sem esquecer de detalhes importantes.


Defina a data e o horário



Como você vai começar a se organizar com mais ou menos um ano de antecedência, talvez ainda não tenha definido a data exata do evento, mas é importante que tenha definido o mês e o ano, pois poderá calcular quanto tempo terá para organizar tudo, quais as flores estarão disponíveis nesta época, quais os melhores lugares para fazer a Lua de Mel, etc. A organização de um casamento varia muito dependendo da época do ano em que será realizado e os orçamentos também, ou seja, se quiser gastar pouco, fuja dos meses mais procurados, como dezembro e maio, ou para baratear a viajem de Lua de Mel, escolha datas fora da temporada de férias.


 Lista de convidados 


A lista de convidados pode mudar bastante até os meses próximos ao evento, portanto, deve ser feita no início da organização, uma pré-lista que dará uma ideia do espaço necessário, as quantidades de comida, bebida ou o valor do buffet.
Aproveite para decidir sobre os padrinhos e damas e pajens. Faça os convites com uma antecedência mínima de seis meses, para eles possam se organizar economicamente, afinal estes estarão em destaque no momento da cerimônia e por isso, normalmente tem mais gastos com seus trajes que os demais convidados. Aos demais convidados, os convites devem ser enviados com dois meses de antecedência.



Cotações

Pesquise o DJ, buffet, fotógrafo, maquiador, cabeleireiro, bolo, doces, cerimonialista, bandas e outras atrações em diferentes fornecedores, mas dê preferência aos que possuem referências de pessoas que você conheça. Lembre-se  que você também pode contratar uma assessora para te ajudar com a organização, mas é muito importante que ela também tenha referências e que você simpatize com ela.
Como você vai começar a organizar com antecedência, uma boa alternativa para economizar é optar pelo faça você mesma! Você pode fazer as lembrancinhas para os convidados, montar a lembrancinha dos padrinhos, fazer os docinhos, etc. Existem muitas coisas legais que podem ser feitas a mão e com certeza, darão mais personalidade ao seu casamento.



Estilo do casamento

É importante lembrar que existem vários estilos de casamentos. Os noivos podem optar por realizar a cerimônia na Igreja e a festa em outro lugar, podem optar por realizar a cerimônia e a recepção num mesmo espaço com efeito civil e religioso; podem realizar o casamento civil no cartório e organizar uma recepção para os convidados em outro espaço; podem solicitar que o Juiz de Paz realize a cerimônia com efeito civil fora do cartório, onde os noivos possam compartilhar o momento com um número maior de pessoas e podem ainda solicitar que uma pessoa amiga, que possua uma boa oratória, conduza uma cerimônia (que não precisa ser religiosa), simplesmente para marcar essa nova etapa do casal.

Se os noivos decidirem se casar na Igreja, é importante escolher com bastante antecedência para garantir a vaga na Igreja desejada e na  data pretendida.



Decoração


Após escolher o estilo do seu casamento e o lugar onde será realizado, é hora de pensar na decoração.
Pense nas cores que você gosta e pesquise na internet decorações que combinem com o estilo do seu casamento. Existe uma infinidade de opções para eventos clássicos, rústicos, românticos, modernos, etc. 



Pesquise se as flores escolhidas estarão disponíveis na época do seu casamento, pois algumas delas não florescem o ano todo e podem significar um alto custo no orçamento do evento. Verifique também a qualidade dos móveis que serão locados e lembre-se de dar preferência para as empresas que possuem boas referências. A regra também vale para aqueles casais que pretendem montar a própria decoração: evite flores artificiais, pois as flores artificiais de boa qualidade (que são idênticas às naturais) são bem mais caras, certifique-se de que os materiais locados estejam em bom estado, pois algumas empresas oferecem decorações a um baixo custo, mas entregam toalhas manchadas, móveis descascados, bolo fake encardido e daí para pior.
Se a ideia é fazer uma festa pequena, gastando o menos possível, você pode pedir àquela tia prendada para fazer os docinhos da sua festa, contratar uma cozinheira para preparar a comida que será servida aos convidados e organizar uma mesa de buffet que permita aos convidados se servirem à americana (dispensando garçons), mas neste caso, avalie a quantidade de convidados e a necessidade de montar mais de uma mesa para evitar longas filas. 
Se a festa for mais simples você pode até usar pratos e copos descartáveis (saiba que o custo dos descartáveis será igual ao custo do aluguel das louças), mas não use, de modo algum, travessas de plástico na mesa do buffet, não importa que sejam "daquela" marca cara, plástico é plástico e não cai bem em eventos formais! Use: vidro, louça ou inox e se optar por um estilo mais rústico, use travessas de cerâmica. Se não quiser gastar com aluguel desses utensílios, pegue emprestados os refratários da mãe e da sogra, pois a mesa do buffet deve estar tão linda quanto a mesa dos doces.


Imagens meramente ilustrativas retiradas da internet 




Você também pode gostar de:



Casamento no Civil




quarta-feira, 29 de março de 2017

Casamento no Civil

O que você precisa para realizar o casamento no civil?

Para realizar o casamento no civil, é importante telefonar ou ir ao cartório e informar-se a respeito dos documentos necessários e valor da taxa cobrada pelo cartório para marcar o casamento. Normalmente, são solicitados as certidões de nascimento, identidade e CPF originais e comprovante de residência dos noivos, mas os documentos podem variar de acordo com o cartório e com a cidade, daí a importância de entrar em contato antecipadamente.

Para marcar o casamento (no dia que for levar os documentos), é necessário também, apresentar duas testemunhas que devem estar munidas de documentos de identidade originais e atualizados. Ao entregar os documentos e providenciar a papelada para dar entrada na formalização do casamento no civil, os noivos devem escolher o tipo de união que pretendem estabelecer: Regime de Comunhão Parcial de Bens, Regime de Comunhão Universal de Bens, Regime de Separação Total de Bens ou Regime de Participação Final nos Aquestos.

A partir de então, será necessário aguardar 15 dias (período dos proclamas), pois neste período será averiguado se existe alguma coisa que possa impedir a união, não havendo impedimentos, o casal terá três meses para oficializar o casamento.

 Você também pode gostar de saber sobre:



Tipos de regimes de matrimônio






Tipos de Regimes de Matrimônio

Casamento com Regime de Comunhão Parcial de Bens

Comunhão parcial de bens é a mais usada atualmente e, quando o casal não opta por nenhum regime, automaticamente é este que vigora.
Todos os bens adquiridos após a data do casamento serão comuns ao casal. Todo o bem que cada um adquiriu quando solteiro continua sendo de propriedade individual do mesmo, ou seja, os bens que cada cônjuge possuir ao casar, e os que lhe sobrevierem, na constância do casamento, por doação ou sucessão, e os sub-rogados em seu lugar.

Casamento com Regime de Comunhão Universal de Bens

Não importa quando o bem foi adquirido, quanto custou ou quem comprou, tudo pertence ao casal, em iguais proporções. Quando um dos cônjuges morre, os herdeiros só podem dispor de metade dos bens, já que a outra metade pertence ao cônjuge sobrevivente.

 

Casamento com Regime de Separação de Bens

Este regime é o oposto da comunhão geral de bens. Os bens que cada um adquirir antes ou depois do casamento, continuam sendo sua propriedade individual, não tendo, nenhum dos cônjuges, direito algum sobre o que for de propriedade do parceiro. Existem alguns casos em que a separação de bens é obrigatória:
1.  Para noivos menores de 16 anos ou maior de 60 anos;
2. Para noivos que o contraírem com inobservância das causas suspensivas da celebração do casamento;
3.  De todos os que dependerem, para casar, de suprimento judicial;

 

Casamento com Regime de Participação Final nos Aquestos

No regime de participação final nos aquestos, cada cônjuge possui patrimônio próprio, consoante disposto no artigo seguinte, e lhe cabe, à época da dissolução da sociedade conjugal, direito à metade dos bens adquiridos pelo casal, a título oneroso, na constância do casamento.
Integram o patrimônio próprio os bens que cada cônjuge possuía ao casar e os por ele adquiridos, a qualquer título, na constância do casamento.
A administração desses bens é exclusiva de cada cônjuge, que os poderá livremente alienar, se forem móveis.

Importante:

  • O homem e a mulher com dezesseis anos podem casar, exigindo-se autorização de ambos os pais, ou de seus representantes legais, enquanto não atingida a maioridade civil (Art. 1.517).
  • O regime de Bens pode ser modificado após o casamento mediante alvará judicial e acordo de ambos os cônjuges (Art. 1.639.§ 2º ).
  • Qualquer dos nubentes, querendo, poderá acrescer ao seu o sobrenome do outro (Art. 1.565. § 1º).


Atualizado de acordo com o Código Civil de Jan/2003.

Fonte:
<http://www.guiadecasamento.com.br/cerimonia-e-festa/civil/regime-de-bens-casamento-civil> Extraído em 10/02/2017


quinta-feira, 9 de março de 2017

Bolo de Chocolate e Abobrinha

Gente, pára tudo!!!

Fiz uma receita de bolo de chocolate com abobrinha que é uma delícia e ninguém nunca saberá que tem abobrinha na massa!!! (a menos que você conte, é claro)
A receita original, encontrei no blog Manual da Família Moderna. Fiz umas adaptações e resolvi compartilhar, pois sei que muitas crianças torcem o nariz para os vegetais, o que deixa a nós, mães, em desespero (rs)... 

A receita é super simples:


Ingredientes:

2 ovos inteiros
1 xícara de açúcar mascavo (eu usei açúcar refinado*)
½ xícara de água
½ xícara de óleo
2 xícaras de abobrinha crua ralada
2 xícaras de farinha de trigo
2 colheres de chá de bicarbonato
1 colher de chá de sal
½ xícara de chocolate em pó
1 colher de chá de baunilha
1 colher de sopa de fermento.

Preparo:

1-   Bata no liquidificador os ovos, o óleo, o açúcar, a baunilha, a abobrinha e a água. Reserve esta massa.
2-   Unte uma forma de bolo (eu usei uma redonda com 24 cm de diâmetro) com óleo e farinha de trigo e ligue o forno.
3-   Em uma batedeira misture a massa reservada com a farinha de trigo, o bicarbonato, o sal e  o chocolate em pó. Bata até ficar homogêneo. Em seguida, adicione o fermento e mexa delicadamente com uma colher.
4-   Asse em forno médio, pré-aquecido, por 30 minutos, mas como o tempo pode variar de forno para forno, após os 30 minutos, espete um palito de dente no bolo, se o palito sair limpinho, é porque o bolo está assado.


*Não tinha açúcar mascavo em casa, então fiz com o branco mesmo.