quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Galinha Pintadinha para meninas...

Essas são algumas fotos da festa de dois aninhos da Heloísa, filha da minha amiga Vania.






 Ela caprichou nos detalhes. Olha que gracinha esses  potinhos de brigadeiro personalizados!


Os cupcackes do Pintinho Amarelinho ficaram uma delícia!!! 



Aniversário com a Turma da Galinha Pintadinha




Aqui estão algumas 
fotos do primeiro aniversário do meu filhote com o tema Galinha Pintadinha.







 Os bonecos de feltro da turma da Galinha Pintadinha deram um charme à decoração, mas as estrelas da decoração foram os docinhos de marzipã.



"Sapo cururu, na beija do rio, quando o sapo canta maninha é porque tem frio"





 As lembrancinhas foram chaveirinhos de feltro da  Galinha Pintadinha





" Meu Pintinho Amarelinho cabe aqui na minha mão"




E enfim, o bolo da Galinha Pintadinha!!!

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Cardápio para festa infantil


Temos algumas sugestões de doces e salgados que podem ajudar você a montar o cardápio da sua festa.

Salgados

   Bolo salgado


Mini sanduíches

Canapés










(podem ser esquentados na hora da festa no forno a gás ou elétrico). São recomendados especialmente para festas com muitos adultos.





   Mini cachorro-quente




   Mini hambúrguer

  

  Pão de queijo

Lanche de metro 






 Mini pizza 






Doces


  Brigadeiro








  Bala de goma










   Pirulitos








   Maçã do amor






 Marshmallow













  



   Cupcackes










Bebidas
Além dos refrigerantes, ofereça suco de frutas, água e água-de-coco. Dependendo do costume da família, pode-se servir bebidas alcoólicas aos adultos, mas procure fazer com que sejam consumidas longe das crianças.


Barraquinhas

Uma opção prática que vai agradar principalmente às crianças. As empresas que oferecem esse serviço têm um cardápio bem variado


Como organizar uma festa infantil


4 meses antes


               -  Faça uma lista de convidados para ter uma ideia do tamanho da sua festa. 

    -  Escolha a data e o horário da festa. 

     - Decida se você vai organizar tudo sozinha, com ajuda de terceiros ou em um bufê.

    - Calcule o quanto pode gastar, o tempo que terá para os preparativos e o local que dispõe.

  - Faça orçamentos em vários bufês e empresas, converse com amigos que fizeram a festa sozinhos e compare os preços.             

     - Se você optou por bufê ou serviços terceirizados, terá de pensar no tema e na comida. Não se esqueça de registrar tudo no contrato para não ter problemas futuros. 

      - Se você for organizar a festa ou terceirizou apenas uma parte, siga os próximos passos.
3 meses antes  
                  -  Escolha o tema. Faça listas com o que você precisa comprar e o que vai encomendar. Primeiro, pense no básico que toda a festa tem (convite, bolo, recreação, lembrancinha...). Depois, fica mais fácil criar outros itens inusitados.
              -  Se a festa for em um espaço alugado, como o salão do prédio, é bom checar se a data está livre e reservar o horário.

8 semanas antes

     - Finalize a lista de convidados. Lembre-se que crianças até 4 anos, no geral, vão acompanhadas dos pais (ou pelo menos um deles). Leve em conta também os irmãos.

               - Comece a fazer os convites ou encomende-os. Lembre-se que pode ser bem prático ter uma versão virtual deles.


6 semanas antes
         
                      - Comece a enviar os convites 
              - Se você ainda não decidiu as atividades da festa, chegou a hora. Você pode contratar uma empresa de recreação, um grupo de teatro, alugar brinquedos ou “escalar” os parentes mais criativos. Nesse caso, veja o que precisa comprar ou alugar (lápis de cor, fantoche, piscina de bolinha etc.).
                       Também é o momento de escolher as lembrancinhas e comprar material para fazê-las. Ou começar a pesquisar lojas e sites onde você encontra tudo pronto.


 2 semanas antes   

              Agende o salão de beleza para fazer as unhas e arrumar os cabelos. A mãe do aniversariante deve estar linda e se você deixar para a última hora, pode não conseguir agendar.
             Alugue as mesas e cadeiras
                  Encomende o bolo, os doces e os salgadinhos


1 dia antes 


  •      Ponha as bebidas para gelar
  •      Monte as mesas de convidados
  •      Monte os painéis decorativos
  •      Monte as decorações das mesas do bolo, dos doces e dos salgados
  •      Não esqueça os latões de lixo, o papel higiênico e os sabonetes dos banheiros
   No dia da festa
  •      Encha as bexigas e monte os arcos de manhã
  •      Três horas antes da festa coloque os docinhos e o bolo em seus devidos lugares
  •      Duas horas antes da festa vá se arrumar e arrume as crianças
  •      Esteja no local da festa uma hora antes e monte a mesa dos salgados

  



O que levar na viagem com o bebê



Carregar bebês em uma viagem é o de menos: eles não são lá muito exigentes, dormem bastante, não precisam de um cardápio variadíssimo. O problema é a tralha necessária para cuidar deles. Veja abaixo uma lista de itens indispensáveis para viajar com seu filho, além de dicas para fazer as malas sem muita confusão. 

Fraldas descartáveis - Calcule uma para cada hora em que estiver em trânsito, mais algumas para o caso de atrasos ou emergências. Informe-se antes se é fácil comprar fraldas onde você vai estar. O ideal é só carregar as necessárias para o trajeto.

Manta(s) - Leve pelo menos uma, de acordo com o clima. Um edredom leve pode servir de tapete ou colchão para o bebê ficar no chão.

Sacos plásticos - Leve vários, para guardar fraldas sujas, roupas molhadas, babadores melecados, sapatos cheios de areia e lama etc.

Pomada anti-assaduras

Lencinhos umedecidos - Podem ser substituídos por fraldas de pano limpas ou quadradinhos de algodão, mais uma garrafinha de água para molhá-los na hora.

Sabonete líquido - É melhor levar aquele a que seu filho está acostumado. Se ele tiver pele seca, leve também um hidratante.

Lenços de papel - Procure na farmácia embalagens pequenas, para levar na bolsa.

Chupetas extras - Se seu filho usar, é claro.

Roupas - Duas trocas por dia. Pense em "camadas" para agasalhar seu filho, em vez de levar casacos pesados (a menos que você esteja indo para um lugar muito frio).

Lençóis e toalhas - A menos que você esteja indo para um hotel, ou para a casa de um parente que vá oferecer esses itens. Mesmo assim, vale a pena levar algumas toalhas de tecido de fralda, mais macias.

Babadores - Dê preferência aos de plástico, que podem ser limpos com um pano úmido.

Mamadeiras

Lavador de mamadeiras - Você pode levar um esterilizador de microondas se tiver acesso a um aparelho desses durante a viagem. Senão, apenas escalde as mamadeiras com água quente ou fervendo.

Chapéus e bonés para protegê-lo do sol

Filtro solar (FPS de pelo menos 30), repelentes e/ou mosquiteiro - Siga a orientação do pediatra para o uso desses produtos. Se ele liberar, leve inseticidas também para combater mosquitos nos ambientes, se o pediatra não liberar (eles nunca liberam) leve um vidrinho com um pouco de vinagre e um copinho, coloque copinhos com vinagre no ambiente para espantar mosquitos.

Remédios básicos - Termômetro, antitérmico e antigases

Cópia da certidão de nascimento do bebê e carteirinha do plano de saúde- Leve também o telefone do pediatra e do plano de saúde, se tiver. Em viagens para o exterior, é necessário o passaporte do bebê.

Comida, fórmula, água e talvez suco - Leve mais do que o necessário para o trajeto, pois sempre pode haver imprevistos.

Colher e copinho preferido - Para dar um remédio, ou um potinho de comida, ou raspar uma maçã. O copo também pode facilitar na hora de dar sucos ou água

Lampadinha - Para trocas de fralda e mamadas no meio da noite, em um lugar desconhecido que pode ser muito escuro.

Canguru ou sling - Se você tiver. São leves, não ocupam espaço e aliviam seus braços na hora do colo.

Piscininha inflável - Para usar como banheira (pode ser substituída por uma bacia grande que já esteja no local) ou para refrescar o bebê na praia ou na piscina.

Berço desmontável - Se não houver lugar para o bebê dormir. Outra opção, para viagens curtas, é deixá-lo dormir junto com vocês.

Carrinho - De preferência do tipo guarda-chuva, leve e que não ocupe muito espaço.

Dicas para fazer as malas: 
  • Comece a preparar as coisas alguns dias antes de viajar. Vá juntando o que precisa levar à medida que se lembra, e colocando tudo num lugar só. Imprima a lista acima e vá dando baixa no que já pegou.
  • Leve uma sacola impermeável, resistente e fácil de carregar no dia-a-dia para as coisas do bebê. Às vezes a bolsa de fraldas que você já usa não é a mais adequada para a viagem (ou por ser muito grande, ou por ser muito bonita para enfrentar intempéries e areia, por exemplo).
  • Carregue na bolsa com as coisas do bebê uma camiseta extra para você, para o caso de imprevistos.
  • Embale remédios e produtos como xampu e sabonete líquido dentro de sacos plásticos, para evitar vazamentos.
  • Leve um trocador portátil para o bebê.
  • Mantenha na bolsa um lanchinho de emergência para você, como um pacotinho de castanha de caju ou uma barra de cereal.
  • Não esqueça, além da câmera fotográfica, os cartões de memória ou filmes, além das pilhas e do carregador, se tiver.
  • Leve alguma coisa interessante para ler. O mais provável é que você não tenha muito tempo, mas vai que o bebê resolve tirar uma bela soneca e te dar uma hora de tranquilidade...


Quer saber mais sobre viagens? Pra onde viajar com crianças? Dicas e experiências de viagem???
Vania Messias, a mãe da Helô, dá dicas de viagens com crianças no Blog Helô na mala!!!